top of page

Agente de Viagens

Que tal trabalhar na área de turismo, organizando viagens para as pessoas e fazendo o dia dessas pessoas ainda mais feliz? É isso que faz um agente de viagens. Quem gosta da área de turismo e adoraria fazer deste nicho a sua principal forma de ganhar dinheiro, se profissionalizando na área, tem um campo fértil de atuação, uma vez que o setor de turismo está sempre em alta no nosso país. Quer saber mais sobre a profissão de agente de viagens? Continue lendo este artigo e tire as suas dúvidas.


Fonte: https://www.pexels.com/pt-br/foto/homem-de-negocios-de-colheita-dando-contrato-para-mulher-assinar-3760067/


O que é um agente de viagens


O agente de viagens é um profissional da área de turismo. Ele trabalha, basicamente, planejando e organizando roteiros turísticos para aquelas pessoas que o procuram, além de desenvolver outras tarefas relacionadas à área.


O profissional, normalmente, tem alguma formação na área de turismo e hotelaria e pode trabalhar por conta própria ou para uma agência de viagens. O agente trabalha tanto no turismo nacional, quanto no turismo internacional.


O que faz um agente de viagens


O principal papel do agente de viagens é planejar um roteiro de viagens de forma personalizada para os seus clientes. Ele monta pacotes de viagens, faz reservas de locais e serviços e também soluciona questões de documentação e trocas de moedas, se preciso for.


Além disso, ele presta orientações para os viajantes, tirando todas as dúvidas pertinentes ao passeio.


Lista de responsabilidades


A rotina de um agente de viagens é recheada de atividades diversas, dentro da sua função básica e principal que é o planejamento de roteiros e viagens turísticas. Assim, ele fica responsável por:


● Apresentar pacotes disponíveis, sugerindo ideias e opções interessantes para o seu cliente;

● Montar pacotes de viagens de acordo com as preferências e perfis do cliente;

● Organizar roteiros de viagens e excursões;

● Tirar dúvidas dos clientes sobre serviços e produtos da empresa, além da viagem em si;

● Negociar e fechar pacotes de serviços para os clientes, que envolvem hospedagem, passagem, refeições, passeios, transporte e outros;

● Orientar o cliente sobre a documentação necessária para as viagens, especialmente as viagens internacionais que precisam de visto ou passaporte;

● Orientar o cliente sobre o uso de moeda estrangeira durante a viagem;

● Fechar venda de pacotes e também de seguros de viagens;

● Prospectar novos clientes;

● Realiza parcerias com fornecedores;

● Atualizar dados dos clientes na agência;

● Resolver problemas de viagens, lidar com reclamações ou reembolsos;

● Participar de seminários de viagens para se manter atualizado com as tendências de turismo.


Como se tornar um agente de viagens


O agente de viagens é formado, geralmente, no curso de Turismo. O curso é oferecido por algumas instituições de ensino distribuídas pelo país e pode ser encontrado na modalidade de bacharelado, com duração de 4 anos.


Outra opção é o curso de tecnólogo, também considerado um curso de nível superior, mas com duração menor, de cerca de 2 anos. Além da tradicional modalidade presencial, o curso de turismo também pode ser encontrado e cursado à distância.


Durante o curso, o aluno estuda disciplinas diversas, como: Matemática comercial e financeira, comunicação oral e escrita, geografia, economia, Psicologia, idiomas, legislação turística, meios de hospedagem, cultura popular, gestão de agências de viagens, gestão de processos e de custos e muitas outras relacionadas à prática do turismo.


O curso de turismo oferece uma formação bastante ampla e completa para quem deseja atuar na área, seja como agente de viagens, organizador de eventos turísticos ou na área de gestão. Quando termina o curso, o estudante recebe o título de bacharel em turismo.


Caso prefira um curso mais rápido, o interessado em trabalhar na área de turismo como agente pode optar pelos cursos livres de agente de viagens. Boa parte dos cursos são ofertados online, com direito à certificação no final do curso.


O agente de viagens também é chamado de turismólogo. Esta denominação é oferecida pela Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo para profissionais que trabalham na área do turismo, independente de formação acadêmica.


Habilidades necessárias a um agente de viagens


Será que para ser um agente de viagens basta gostar de viajar? A resposta é não. Para ser um excelente profissional é necessário investir em conhecimento técnico, fazendo uma faculdade ou bons cursos de formação, e desenvolvendo habilidades sociais e pessoais. Assim, o agente de viagens deve apresentar algumas características:


● Gostar de aprender sobre outros lugares do mundo;

● Gostar de montar roteiros e pacotes de viagens;

● Ter bons conhecimentos geográficos;

● Ter boa memória;

● Ser flexível para modificar os pacotes quando necessário;

● Ter habilidades com cálculos matemáticos;

● Ser paciente e atencioso;

● Ser criativo;

● Ter boa comunicação oral e escrita;

● Estar sempre bem informado;

● Saber se relacionar com outras pessoas;

● Ser proativo;

● Ter boas habilidades de negociação;

● Saber se comunicar em outros idiomas;

● Saber estudar o cliente e perceber detalhes importantes que facilitem o seu trabalho.


Salário


De acordo com o site Glassdoor, um agente de viagens recebe, em média, um salário de R$ 1.600,00. Entretanto, esse valor pode variar bastante de acordo com o estado onde ele atua, o potencial turístico da região, a sua experiência e demais fatores.


Além disso, este profissional costuma receber comissões pelos pacotes fechados, pelas reservas feitas em determinados hotéis, pelas vagas fechadas em excursões e passeios, pela compra de passagens em determinadas companhias aéreas, etc.


Desta forma, o seu salário pode ficar muito mais atraente no final do mês quando ele faz boas e rentáveis parcerias com outros setores do turismo.


Além disso, o agente de viagens também pode trabalhar de forma autônoma, por conta própria, seja criando a sua própria agência, montando uma equipe de colaboradores ou trabalhando sozinho mesmo.


Local e ambiente de trabalho


O ambiente de trabalho do agente de viagens acontece, quase sempre, em espaço fechado. Ainda que o seu ramo de atuação sejam as viagens para dentro e fora do país, é dentro da agência ou do seu escritório particular que ele recebe clientes, faz reuniões, monta e oferece pacotes e fecha contratos.


Caso trabalhe para uma agência de viagens, o profissional se limita à venda de pacotes específicos liberados pela empresa, o que pode exigir uma boa dose de estratégia para convencer o cliente a aceitar aquele roteiro. Já quando ele trabalha por conta própria, é mais fácil para o profissional montar e oferecer pacotes flexíveis e, também, mais atraentes para o consumidor.


Dependendo do tamanho da agência de viagens, o profissional tem contato com muitos profissionais em turismo e interage constantemente com outras pessoas na hora de negociações, reservas, organização de eventos e outras atividades comuns ao seu trabalho.


Podemos definir o local de trabalho do agente de viagens como um lugar agradável, alegre, criativo e com pessoas dispostas a oferecer a melhor experiência possível para o usuário daquele serviço. Afinal, viagens são sinônimos de lazer, de entusiasmo e de felicidade.


Mercado de trabalho


O mercado de trabalho para o agente de viagens é considerado promissor, uma vez que estamos em um país com forte potencial turístico em todos os estados do país. Os passeios internacionais também fazem parte dos tipos de viagens mais realizadas pelos brasileiros.


O mercado de turismo permite ao agente de viagens seguir uma carreira promissora. Com o acúmulo de conhecimento, a experiência adquirida ao longo do tempo e do trabalho desenvolvido e, claro, com boas oportunidades, o profissional pode ocupar cargos variados, como:


● Assistente de agência de turismo

● Agente de agência de turismo

● Analista de agência de turismo

● Supervisor de agência de turismo

● Gerente de agência de turismo


Além de trabalhar em agências, o agente de viagens também pode montar a própria empresa. Mas, não são as únicas opções. Ele também pode atuar com organização de eventos turísticos, trabalhar em pousadas e hotéis, centros de turismo e qualquer outro local que promova serviços de hospedagem.


Perguntas frequentes sobre a profissão