top of page

Profissional em Saneamento Ambiental

Já pensou em trabalhar com saneamento ambiental? O profissional que atua nesta área é apaixonado pela manutenção do meio ambiente, atuando na prevenção de ações nocivas a ele e também no reparo de problemas já estabelecidos. A profissão está em alta devido à crescente conscientização das pessoas em relação à preservação ambiental e busca por uma vida com mais qualidade. Se você gostaria de atuar na área, mas não sabe ao certo o que faz este profissional, continue lendo e tire as suas dúvidas.


Fonte: https://www.pexels.com/pt-br/foto/plantas-de-folhas-verdes-com-ramo-marrom-954176/


O que é um profissional em saneamento ambiental?


O profissional em saneamento ambiental, como o próprio nome diz, trabalha diretamente com o meio ambiente. Podemos entender o meio ambiente como um conjunto de fatores que precisam estar em equilíbrio para garantir o bem-estar de toda a sociedade.


Esses fatores envolvem o indivíduo, as águas, a coleta de resíduos, as plantas, os animais e a relação de todos esses itens uns com os outros. Quando estão em harmonia, temos resultados positivos em todas as esferas. Se estão desequilibrados, vivenciamos problemas ambientais, de saúde e sociais também.


Este profissional tem formação em um curso específico de saneamento ambiental, onde aprende todas as técnicas e teorias necessárias e que serão aplicadas ao longo do seu trabalho, podendo ocupar diferentes cargos em sua carreira.


O que faz um profissional em saneamento ambiental?


O papel do profissional em saneamento ambiental é ser um agente de transformação, preservação e promoção do equilíbrio ambiental. Para isso, ele participa de ações de prevenção e solução de problemas em diferentes instituições envolvidas nessa causa.


O profissional pode atuar em órgãos públicos ou privados, desenvolver medidas de conscientização, fiscalizar processos e atuações, disseminar informações e ampliar o conhecimento da população a respeito da importância dessas ações.


Lista de responsabilidades


Na prática, o que faz um profissional em saneamento ambiental? Partindo do princípio do seu objetivo, enquanto profissional, é possível listar algumas das suas muitas responsabilidades. Veja só:


● Promoção, divulgação e participação em eventos ambientais;

● Fiscalização de obras e demais atividades que possam impactar o meio ambiente;

● Implantação, promoção e supervisão de projetos de saneamento básico e ambiental, como instalação de redes de água, esgoto e lixo;

● Realização de consultorias;

● Realização de palestras sobre o assunto;

● Criação de projetos de melhorias urbanas e ambientais e políticas públicas de educação ambiental;

● Define ações de sustentabilidade;

● Emissão de laudos e de parecer técnico;

● Coordenação de setores específicos de ordem ambiental;

● Criação de campanhas de revitalização ambiental;

● Monitoramento e fiscalização da qualidade da água consumida, bem como da eficiência do sistema de esgoto;

● Estudos e análises de aterros sanitários e usinas de compostagem e coleta e reaproveitamento de resíduos líquidos e sólidos;

● Participar de projetos de exploração e conservação ambiental.


Como se tornar um profissional em saneamento ambiental?


Para ser um profissional da área é preciso ter formação tecnológica em Saneamento Ambiental, única modalidade existente até o momento. Ou seja, não temos ainda um curso de bacharelado.


Entretanto, ambos possuem a mesma validade e são reconhecidos como cursos de nível superior. As diferenças estão no título que o estudante recebe no final do curso, no conteúdo estudado e também no tempo de duração da faculdade.


Um curso de bacharelado dura 4 ou 5 anos, enquanto o curso de tecnólogo dura entre 2 anos e meio e 3 anos. Além disso, o curso de tecnólogo é mais prático. Por outro lado, o bacharelado tem disciplinas mais abrangentes.


Durante o curso de tecnólogo em saneamento ambiental, o aluno estuda matérias, como biologia, química, física, geologia, topografia, hidráulica, legislação e gestão ambiental, saneamento, resíduos sólidos, drenagem urbana, saúde pública e muito mais.


Ao final da faculdade, é necessário apresentar um trabalho de conclusão (TCC) e, em alguns casos, um projeto voltado para o meio ambiente. O curso de saneamento ambiental é oferecido por instituições públicas e privadas, na modalidade presencial ou à distância.


Pós-graduações mais comuns na área ambiental


Após a formação no curso de tecnólogo, o estudante tem à disposição uma série de especializações que são fundamentais não só para aprofundar os seus conhecimentos, mas também para melhorar as chances de encontrar uma colocação no mercado de trabalho. As mais procuradas são:


● Ecologia e Gestão ambiental

● Meio ambiente e Sustentabilidade

● Gestão urbana

● Gestão de recursos hídricos

● Gestão de recursos sólidos

● Manejo florestal

● Legislação ambiental

● Direito ambiental

● Arquitetura sustentável

● Ecourbanismo

● Educação ambiental

● Consumo sustentável

● Gestão ambiental nas empresas

● Avaliação de impactos ambientais e processos de licenciamento ambiental

● Gestão integrada de qualidade, segurança, meio ambiente e sustentabilidade


Habilidades necessárias a um profissional em saneamento ambiental


Será que basta gostar do meio ambiente para ser um bom profissional? Gostar de atuar na área é essencial, mas não é suficiente. Existem outros requisitos que também são válidos e devem ser aperfeiçoados ao longo do tempo. Conheça quais são eles:


● Capacidade de diálogo;

● Capacidade analítica e crítica;

● Bom relacionamento interpessoal;

● Perfil empreendedor;

● Firmeza nas ações;

● Valores bem estabelecidos para evitar possíveis manipulações externas;

● Gostar de estar sempre em aprendizado;

● Saber trabalhar em equipe;

● Excelente comunicação oral e escrita;

● Ter visão macro de tudo, pensando sempre no bem-estar global;

● Capacidade de discernimento e compreensão de fatos e de informações.


Salário


Quanto ganha um tecnólogo em saneamento ambiental? De acordo com o site salário, este profissional recebe, em média, o valor de R$ 3.400,00, podendo chegar a R$ 8.000,00, levando em conta alguns fatores, como região, empresa contratante, experiência do profissional, cursos de qualificação e outros.


Em outro site de pesquisa de vagas e salários, o Glassdoor, podemos verificar que um consultor ambiental recebe, em média R$ 5.000,00. É uma média salarial muito boa se levarmos em conta que um consultor não mantém vínculo fixo de trabalho e pode atender a diferentes empresas ao mesmo tempo.


Local e ambiente de trabalho


O ambiente de trabalho deste profissional se divide em fechado e aberto. Depende da função que ele esteja executando naquele momento. Quando atua na vigilância sanitária, por exemplo, o profissional realiza visitas constantemente, mas também precisa estar no escritório para elaborar seus relatórios e emitir pareceres.


Assim, a rotina do tecnólogo em saneamento ambiental pode ser bastante flexível e com várias alterações ao longo do dia.


Geralmente, o profissional faz parte de uma equipe de trabalho. Logo, o seu contato com outros profissionais que desempenham funções similares é constante, o que exige um ótimo relacionamento interpessoal.


<